Esta é a versão antiga da Dying Days. A nova versão está em http://dyingdays.net. Estamos gradualmente migrando o conteúdo deste site antigo para o novo. Até o término desse trabalho, a versão antiga da Dying Days continuará disponível aqui em http://v1.dyingdays.net.


arquivo
Home | Bandas | Letras | Reviews | MP3 | Fale Conosco

A Banda:


Coldplay
Formação: Londres, Inglaterra em 1996

Chris Martin (vocais, violão, piano)
Jon Buckland (guitarra)
Guy Berryman (baixo)
Will Champion (bateria)

Biografia:

Em tempos em que as paradas são dominadas só por gente "boa" (Britney, Eminem, Puff Daddy, etc), é sempre ótimo que surjam bandas como o Coldplay, que, apesar de não apresentar nada original ou ousado, faz música com sentimento. O som lembra muito bandas inglesas como Travis e Radiohead, mas a voz do vocalista Chris Martin se parece com a do jazzista mala Dave Matthews.

Chris montou o Coldplay em 1996, na Universidade de Londres, com os amigos Will Champion, Jon Buckland e Guy Berryman, ao descobrirem gostos parecidos (os folks Nick Drake, Simon & Garfunkel e Jeff Buckley). A banda poderia ficar no ostracismo total, como vários outras, mas conseguiu um lance de sorte: resolve lançar um single, Safety, apesar de só possuírem dinheiro para 500 cópias. Distribuíram o single entre familiares e amigos, e também para gravadoras como BMG e Parlophone (gravadora de Beatles e Radiohead), que depois veio a contratá-los. Eles ainda lançam outro single, Brother & Sisters, pelo pequeno selo Fierce Panda. Já pela Parlophone lançam o EP "The Blue Room", com tiragem de 5000 cópias, e que hoje é disputado na mão entre os fanáticos e colecionadores. São ainda lançados (com muito sucesso), o single das belíssimas "Shiver" e "Yellow". Não tinha mais como não acontecerem.

Pois é, eles conseguiram um estouro maior. Lançaram seu primeiro disco, o ótimo "Parachutes", lançado a 10 de julho de 2000, chegando ao primeiro lugar das paradas no Reino Unido. O clipe de "Yellow" toca sem parar na MTV e a banda se consagra como o destaque maior no V-2000, festival de verão da Inglaterra. Parachutes vende mais de um milhão de cópias, trazendo às paradas outros sucessos, como "Trouble", "Shiver" e "Don't Panic". O público se apaixona pela bela voz de Chris e a guitarra quase oriental de Jon, com solos e riffs transcedentais. O vocalista chega a afirmar que o Colplay é uma das 10 melhores bandas do mundo. Eles ainda tiveram tempor pra se lançar numa bem sucedida turnê americana e ganharam o Grammy em 2002, por melho álbum alternativo. 


O vocalista Chris Martin

Em junho de 2002, a banda lança o seu aguardado segundo disco, "A Rush of Blood to the Head". É um disco um pouco mais ousado e melhor produzido do que o debut do Coldplay, e acaba transformando o Coldplay em mega-banda, com seus diversos hits e boas melodias.

No ano seguinte, dois lançamentos para deixar a banda no topo, antes do lançamento de um novo álbum: o EP "Brothers & Sisters" e o DVD "Live 2003" (que também sai em formato CD, com setlist resumido). Fora isso, a se destacar somente o casamento de Chris Martin com a atriz Gywneth Paltrow, e a passagem da banda pelo Brasil (RJ e SP) em setembro.

Em 2004 a banda volta aos estúdios para gravar seu terceiro álbum, que é lançado em junho de 2005, com o título de "X&Y". O disco é praticamente uma continuação de "A Rush of Blood to the Head", o que agrada em cheio os fãs, mas deixa a crítica reticiente sobre o futuro do Coldplay.

Jonas Lopes
atualizado por Fabrício Boppré em julho/2005

Álbums:
Discos Oficiais Ano
Parachutes 2000 (Capitol)
A Rush of Blood to the Head 2002 (Capitol)
X & Y 2005 (Capitol)