Esta é a versão antiga da Dying Days. A nova versão está em http://dyingdays.net. Estamos gradualmente migrando o conteúdo deste site antigo para o novo. Até o término desse trabalho, a versão antiga da Dying Days continuará disponível aqui em http://v1.dyingdays.net.


discografia,
letras e reviews:

* principal
* complementar
* xmas singles

Home | Bandas | Letras | Reviews | MP3 | Fale Conosco

Review: Binaural

avaliação:



Má notícia para os antigos fãs do Pearl Jam, aqueles que idolatram o disco Ten e acham que a banda tem que voltar àquele som: Binaural joga para bem longe essa possibilidade, negando o pequeno flerte que Yield tinha com o primeiro disco.

Boa notícia para os verdadeiros fãs do Pearl Jam: a banda continua fiel à procura de novos caminhos, evoluindo seu som, longe do risco de soar datada. Não fosse o status de super banda que conseguiram com Ten, eles seriam muito cultuados por aquela galera que é vidrada no Lado-B, da MTV.
É maravilhoso se impressionar com as pérolas rock'n'roll "Breakerfall" (que lembra o Who), "God's Dice", "Rival" (lembra o véio Zeppelin) e "Insignificance". Destaque também para as baldas "Light Years", a bela "Thin Air" e as psicodélicas "Of The Girl" e "Parting Ways" (muito linda). Mas o melhor do disco vem de duas faixas inesperadas, diferentes do estilo Pearl Jam: a sombria "Nothing As It Seems", com ótimo vocal e grande trabalho de guitarras e a inacreditável "Soon Forget", levada apenas por Eddie Vedder em um ukelele, guitarra havaiana cujo som lembra nosso cavaquinho. Uma música curtinha, cheia de feeling e paixão, e já pode se considerar clássica.
Resumo: mais um bom disco do Pearl Jam, com seus prós e contras (notadamente as chatinhas "Evacuation" e "Sleight Of Hand"). Destaque final para a capa, muito bonita, e o batuque quase samba escondido no final do cd. Imprevisível...

Jonas Lopes